RSS

Entrevista: Ralph Macchio

22 jun

Banda: Ralph Macchio (Santo Andre)

 Integrantes:: 

André – Bateria

Bruno – Baixo

Fábio – Guitarra

Fernando – Voz

1 Como tudo começou ?

Fernando – A Banda começou no meio de outra banda que eu tinha com o Fabio, a gente meio que se conheceu nessa banda, que tinha uma ideia e proposito mais melódico; ai conversando com o Fabio, a gente tava ouvindo a mesma coisa basicamente, um som mais pesado e reto, e decidimos tentar montar algo assim, seguindo essa linha. Chamei na epoca o Gustavo que já tinha tocado comigo e o Guilherme, que tinha tocado no Vendetta comigo, em poucos meses a gente foi pra estudio e ja gravamos a primeira demo, “Almost Dead”, isso em 2009.. de lá pra cá, teve algumas mudanças de integrante, o Gustavo e o Guilherme acabaram saindo, o Guilherme ainda ficou até a gente gravar esse novo disco , o “Welcome To Your Doom”, pouco depois  saiu,  e entraram o Bruno e o André na banda. E é isso, estamos aqui!

2 Quais são os seus princípios, ideias o que vocês tentam transmitir através da musica de vocês ?

Fábio.: Na banda cada um tem seus príncipios e opiniões diversas sobre cada assunto. Não temos nenhuma “bandeira” ou causa específica, como banda. Individualmente, cada um tem a sua. Porém,  eu sou da opinião de que o melhor jeito de passar uma mensagem, é sendo o exemplo vivo dela. Tentamos manter a banda do jeito que sempre achamos correto de fazer e espero que as pessoas percebam isso. Nesse contexto, podemos dizer que essas são as mensagens que tentamos passar, atravaés de exemplos:

– Se você toca punk/hardcore, lembre-se de que faz parte de uma comunidade, logo pense além do seu umbigo;

– Nossa música é o meio de estravasar e compartilhar nossas ansiedades, frutrações e vitórias, as reais transformações, cada um faz no seu dia a dia.

– A música é só UMA  das atividades desenvolvidas dentro do punk/hc!

– Esteja sempre aberto a novas opiniões. O punk/hc é um ótimo espaço para debate e discussão de novas idéias. De cabeça-dura o mundo já tá cheio!

– O punk/hc não pode mais ser estigmatizado como coisa somente de gente nova. É uma fase que não passa!

NOTA: O Ralph Macchio é uma banda de hardcore formada por membros do Vendetta, Iron and Gold e ex-membros de bandascomoLive By The Fist e Who I Am. Com sonoridade semelhante a algumas bandas do hardcore americano que apareceram dos anos 2000 pra cá e uma pitada, só um pouquinho assim de carimbó,

Fonte: Daily War (Athos – Still Strong)

3 Como é a cena Hard Core de Santo Andre-SP

Fábio: Na verdade, a banda não é só de Santo André. É 1 de Santo André, 1 de São Bernardo, 1 de São Caetano e eu que sou de Santos, mas moro em São Paulo! Hehehe.

No geral, a impressão que tenho, é que a cena da grande São Paulo está meio devagar. Mas essas coisas são meio cíclicas. Acho que estamos em um período um pouco em baixa. Mas existe bastante gente legal e interessada, por isso acho que logo mais deve voltar a ficar movimentada e agitada novamente!

4 Como rolou a oportunidade de entrar no maior selo independente do gênero, a SevenEightLife ?

Fernando – Eu já tenho outra banda, o Vendetta, que faz parte do selo, e o Fabio tem um selo próprio, a Caustic Recordings. Quando a gente montou o Ralph Macchio, a banda com pouco tempo e as demos começou a fazer acontecer por si mesma, e a gente decidiu fazer um disco, as coisas foram simplesmente acontecendo. O Franco (Seven Eight Life) falou comigo sobre lançar e como o Fabio já pretendia lançar pela Caustic, foi mais fácil ainda pra fazerem isso juntos, além de ser até mais viável financeiramente, então foi como estar em casa, e sentir-se mais a vontade ainda !

NOTA: O Ralph Macchio tocou no sábado 18 de Junho com as bandas ( Black Jaw (Santos) The Alchemists (Volta Redonda) BaySide Kings (Santos) Standing Points (Piracicaba) no Benjamin Rock Bar: Rua Benjamin Constant n°2511 Centro Piracicaba-SP 

5 Quais são as suas maiores influencias ?

Fernando – Acho que depende muito do que a gente tá ouvindo, eu pelo menos to sempre procurando coisa nova pra ouvir, mas umas bandas que eu sempre escuto e sempre me influenciam são Bane, Cruel Hand, Down To Nothing, Haymaker, Bracewar, e Mouthpiece. Essas pesaram bastante no começo da banda pra mim e pesam até hoje!

 6 A trilha sonora da minha semana foi o Born to Lose, o que mais gostei das linhas, foi o fato das musicas serem bem diretas! Conte-nos um pouco do processo de gravação e o que vocês Pretendem alcançar com esse novo disco?

Fernando – O processo de gravação do “Welcome To Your Doom” tinha tudo pra ser conturbado, e acabou sendo muito satisfatorio, acredito que pra todos nós! A gente se enfiou no estudio sem um baixista, e acabamos revezando o baixo, e algumas guitarras, então acho que pode-se dizer que esse é um album da banda realmente! O Bruno entrou na banda enquanto a gente ainda estava finalizando o disco, e acho que estamos realmente contentes com o resultado. Apesar de ter demorado mais que o esperado pra sair, por conta da arte da capa, que demorou pra sair, acho que o disco alcançou tudo que a gente queria que fosse, senão até mais! A mixagem e gravação foi feita pelo Danilo do estudio Acustica, e eu já tinha gravado o Vendetta com ele, então foi meio que gravar com um amigo,foi bem tranquilo! Agora que está ai na mão do pessoal, a gente quer saber de tocar, tocar e tocar, pra divulgar o máximo possivel.

7 Vocês tem vontade tocar e conhecer o cenário de hard core da gringa ?

Fernando – Com certeza! É um plano nosso, mas como é bem complicado ainda, por conciliação de tempo de todo mundo, a gente ainda tá estudando isso, fora que ainda tem muito lugar daqui que a gente não tocou e espera tocar também!

8 Deixe uma mensagem para os leitores do Inquebrantável e o pessoal que colou no sabado passado!

Fernando – Desculpem pela demora da entrevista, é difícil conciliar 4 caras pra responderem rápido, e obrigado a todo mundo que colou, realmente significou muito para nós! A cena de piracicaba sempre foi ótima assim, e espero que se fortaleça cada dia mais!

Para conheçer mais sobre o Ralph Macchio Acesse

www.borntolose.com 

VIDEO

Band Camp

TWITTER

MySpace

Email para contato !

ralphmacchiohc@gmail.com

 
1 comentário

Publicado por em 22/06/2011 em Entrevistas

 

Tags: , , , , , , , , , , ,

Uma resposta para “Entrevista: Ralph Macchio

  1. Anthony Oshiro

    22/06/2011 at 7:22 pm

    Hard Core e sempre bem vindo!!!!

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: